Skip to content

Embalagem sustentável para calçados

29 de March de 2011

LEIA ESTE POST NO NOVO MODA ÉTICA:

http://modaetica.com.br/?p=1433

Hoje, envolvida com um projeto de embalagens da empresa em que trabalho, me deparei com duas possibilidades de embalar calçados:

1) Puma

 

Já tem +/- um ano este projeto, que levou 21 meses para ser desenvolvido junto ao escritório Fuse Project, do designer Yves Béhar. É a embalagem para calçados mais ecológica que eu já vi:

  • a sacolinha é de TNT (tecido não tecido) que, teoricamente, é pouco resistente, embora seja material indicado para acomodar acessórios nos closets. Este é feito de PET reciclado e reciclável. Como eu ainda não vi no nosso país, nem toquei esse material, não dá pra afirmar se realmente “presta”. Mas cumpre a função de substituir a sacola plástica, no momento da embalagem final para o consumidor, a função de proteger o calçado no estoque e a função de ser reusada pelo consumidor, como uma bolsinha para tênis (ideal para carregar na mala de viagem).

  • utiliza 65% menos papelão que as caixas convencionais;
  • a montagem do papelão dispensa uso de cola;

  • a embalagem dispensa impressão laminada. A impressão no TNT é de apenas uma cor;
  • não usa papel de seda;

  • permite ser empilhada;
  • assegura o adesivo de identificação do produto;

  • redução de 25% das emissões de CO2;
  • mais predicativos, clique aqui.

2) Arezzo

 

Ok, aqui nesse caso, o que vale é a intenção. E eu realmente achei que ficou um bom projeto, mesmo sabendo de outros modelos muito semelhantes de caixa-sacola (eu cheguei a projetar uma pra uma outra empresa em que eu trabalhava, mas o projeto nunca saiu do papel…). Tenho muito respeito pelo pessoal de Bauru; estão fazendo um “bom design”. Mas, para mim, não se trata de um projeto  que “serve para o estímulo da preservação ambiental”, visto que:

  •  há policromia (e provavelmente são tintas à base de pigmentos inorgânicos);
  • o uso de elástico eu vejo como uma solução no “meio do caminho”, em que poderiam ter pensado em mais formas encaixáveis com o próprio papel kraft de elevada gramatura e, assim, evitado mais um material componente à base de polímero;
  • a alça, pelo que parece, é uma fita de cetim/acetinada composta de poliéster (provavelmente não reciclado).

Em contrapartida,

  • tem o mérito de projeto de conjugar a armazenagem + o transporte + a apresentação do produto para o cliente final com a identidade visual da marca;
  • o projeto figurou na III Mostra Jovens Designers (e, ainda na minha opinião e na de alguns colegas de profissão, foi um dos poucos projetos nessa mostra que de fato tinha coerência com o que a gente entende por “design”);
  • bem, por fim, eu, como cliente Arezzo, adoraria que minhas sapatilhas viessem nesta caixa!😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: