Skip to content

Análise do Ciclo de Vida (ACV), Life Cycle Assessment (LCA), Design for Environment, Design for Sustainability, Design for Disassembly

29 de April de 2011

Ciclo de vida e círculo de cores de uma folha

LEIA ESTE POST NO NOVO MODA ÉTICA:

http://modaetica.com.br/?p=1734

Hoje tive que entregar um trabalho na engenharia (curso mestrado em eng. de produção na UFMG) sobre ciclo de vida, mas não do ponto de vista do design (cujos autores mais conhecidos são Manzini e Vezzoli), mas da “engeneering design”. O legal é que a engenharia é bem mais quantitativa, e o design é mais qualitativo (eu formei em design de produto na UEMG), então dá pra ter uma visão mais abrangente da coisa. Bom, sem lero-lero, segue abaixo uma parcela desse trabalho que me tomou o sono nas últimas três noites…

A análise do ciclo de vida é um dos conceitos relacionados ao termo Design for Environment, isto é, design para o meio ambiente, o qual pode ser compreendido como uma forma de projetar visando o bem do meio ambiente, incluindo natureza e pessoas.

ACV (abreviação portuguesa de Life Cycle Assessment, LCA) é uma ferramenta para identificar impactos de um produto no meio ambiente, bem como oportunidades de melhoria por meio do projeto, envolvendo o produto e seus processos de manufatura. Ela tem por objetivo responder a seguinte questão:

“A utilidade obtida com o produto ou atividade justifica a carga ambiental a ele associada?”

Para tentar responder essa questão, de forma completa, a ACV é representada como cíclica, ilustrando a continuidade do produto em um ciclo (o mesmo ou outro), do seu berço ao seu túmulo, ou seja, da concepção projetual ao descarte. A figura a seguir, que eu fiz rapidamente, ilustra as etapas da análise do ciclo de vida.

Macro etapas da análise do ciclo de vida. Clique na imagem para visualizar melhor.

Um exemplo mais consistente, e que demonstra a abordagem do design de produto, pode ser visto abaixo.

Análise do ciclo de vida, do ponto de vista do design de produto

No entanto, nem sempre o fluxo do produto, do material e dos negócios se dá de forma cíclica, como ilustrado na figura  abaixo.

Se você gosta de gráficos chatos, mas de conteúdo interessante, clique na imagem para ver melhor como o que é um círculo no design vira um retângulo na engenharia.

Cada etapa do ciclo de vida é analisada de acordo com 5 estágios:

  1. Escolha de material
  2. Uso de energia
  3. Resíduos sólidos
  4. Resíduos líquidos
  5. Resíduos gasosos

Cada estágio recebe uma análise quantitativa, numa escala de zero (ruim) a quatro (ótimo). Ao final, o produto, se for excelente – ou seja, praticamente não causar impacto ambiental, e sem comprometer sua usabilidade – deverá somar cem pontos.

O produto excelente não causa impacto no meio ambiente e pode valer até 100 pontos na análise do ciclo de vida!

A tabela abaixo demonstra tal pontuação.

Matriz para análise do ciclo de vida, abordagem da engenharia

Essa análise quantitativa torna claro em quais etapas há maior impacto ambiental, permitindo redimensionar os impactos por outras etapas, quando não for possível eliminá-los. Em geral, etapas iniciais, de extração de materiais e pré-manufatura, assim como a etapa de uso, são as que mais consomem energia.

Um paradoxo interessante em relação ao tamanho dos componentes (vamos pensar em aviamentos e enfeites para produtos de moda) é que, quanto menor e mais complexo o objeto, menos material ele usa, porém necessita de bem mais energia para ser processado.

Botões novaiorquinos, pequenos, complexos e necessitam de projeto que facilite a desmontagem de seus pequeninos componentes, para que os mesmos possam ser reciclados

A reciclagem e a facilidade de desmontagem são dois fatores que podem contribuir para a otimização da vida do produto. Dessa forma, o Design for Environment baseia-se nas abordagens do Design for Sustainability (design para sustentabilidade, que trata da questão da reciclagem) e do Design for Disassembly (design para desmontagem).

One Comment leave one →
  1. 30 de April de 2011 8:03 AM

    Con el auge del este enfoque ha ido integrando con mas frecuencia diferentes criterios y parametros de evaluacion del ..El analisis del ciclo de vida ACV es una herramienta que se usa para evaluar el impacto potencial sobre el ambiente de un producto proceso o actividad a lo largo de todo su ciclo de vida mediante la cuantificacion del uso de recursos entradas como y emisiones ambientales salidas al aire agua y suelo asociados con el sistema que se esta evaluando..El Analisis del ciclo de vida de un producto tipico tiene en cuenta el suministro de las materias primas necesarias para fabricarlo transporte de materias primas la fabricacion de intermedios y por ultimo el propio producto incluyendo envase la utilizacion del producto y los residuos generados por su uso..El ciclo de vida de un producto como un o una actividad hormigonar una estructura esta formado por dos tipos de sistemas que revisten un interes especial para los evaluadores ambientales. Una de estas preguntas podria ser Que diferencia existe entre el posible impacto ambiental de un producto nuevo y otros productos ya existentes en el mercado?.El ACV no es una y esto se debe a que ACV no tiene en cuenta la exposicion que es un factor esencial para evaluar el riesgo. ACV es una de las herramientas con las que se cuenta para evaluar los productos envases y procesos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: