Skip to content

Da moda ao aborto

5 de August de 2011

Havaianas: a marca de moda brasileira mais conhecida e desejada no exterior.

LEIA ESTE POST NO NOVO MODA ÉTICA:

http://modaetica.com.br/?p=2657

A moda é o segundo maior setor que gera divisas para o Brasil (perde apenas para a construção civil), sendo o setor que mais emprega a mão-de-obra feminina.

Tradicionalmente (vide sociologia), as mulheres brasileiras sempre estiveram ligadas a atividades relacionadas ao vestuário.

Uma Singer “very very old school”!😉

Nessa área, as primeiras máquinas que as mulheres começaram a usar foram as de costura; sendo as primeiras ferramentas: ferros de passar e agulhas de tricô e crochê, dentre outras.

As agulhas de tricô são uma ferramenta de fácil acesso às mulheres, podem ser compradas em grandes magazines na capital, em armarinhos em cidade do interior, em vendinhas nas zonas rurais. Podem ser emprestadas de familiares e amigas.

Agulhas de tricô usadas como instrumento para aborto clandestino.

Agulhas de tricô constituem um método abortivo (ao serem inseridas de forma violenta no colo do útero) eficaz (apesar das infecções que se sucedem).

A mesma agulha que faz o sapatinho de um bebê faz o aborto de outro.

Feto encontrado dentro de uma sacola numa trilha no Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte-MG. Segundo a Polícia Militar, tem de 6 a 7 meses.

Apesar dos diversos métodos abortivos (da ingestão de substâncias tóxicas a gestante se jogar na escada, além do recorrente medicamento Cytotec), as agulhas de tricô ainda constituem um dos métodos mais populares, baratos, acessíveis. E criminosos. Porque aborto, no Brasil, é crime.

Criminalizar o aborto não é a solução para o mesmo. Mas é assim que funciona no nosso país.

Considerando que uma em cada sete mulheres brasileiras já fez aborto (o equivalente a 5 milhões de brasileiras), sobretudo negras e pobres, não seria de se admirar que uma ferramenta usada no setor de moda seja usada para tirar vidas e/ou para levar às prisão por um a dez anos.

Viúva negra tricotando. No Brasil, a mulher que aborta é vista como megera.

Veja o vídeo abaixo (assinantes por e-mail do blog, favor acessá-lo para visualizar) sobre o aborto no Brasil. Esclarecedor.

Saiba porque o aborto deve ser permitido no Brasil from Universidade Livre Feminista on Vimeo.

Posição profissional: este blog é a favor da descriminalização do aborto, compreendida como um benefício para a sociedade. As agulhas de tricô devem ser usadas só na moda. Aborto, se for esta a opção da mulher, deve ser feito de modo seguro, com médicos.

Posição pessoal: amo crianças, acho que a vida está em todo lugar, mas filhos só depois de terminar o doutorado. Antes disso, sexo seguro para não ter que decidir por um aborto e suas consequências físicas e morais. Aliás, vou apadrinhar  (já que gosto, mas não posso ter nem adotar no momento, e reparto minha renda no possível pra diminuir a desigualdade social) uma criança pelo ChildFund International e Fundo Cristão para Crianças. Clique abaixo para saber mais.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: