Skip to content

A moda do Bruno

22 de September de 2011

LEIA ESTE POST NO NOVO MODA ÉTICA:

http://modaetica.com.br/?p=3054

Faz tempo que queria escrever sobre ele. Mas depois de ver a foto abaixo dando sopa no Facebook, conclui que a missão não pode mais ser postergada:

De trajes de ciclista, falando, para homens de terno, sobre lei de inciativa popular em prol de ciclovias em Lagoa Santa. (Me mata de orgulho te ver assim: ecológico, a favor do bem, auto-confiante).

Acho que encontrei o homem da minha vida, a julgar somente pelos conceitos de moda implícitos em seu estilo:

  • pelo que contabilizei (perdoe a indiscrição), 04 calçados, 02 calças jeans, 06 camisetas (sendo que uma delas, preta polo, e outra branca com gola V, só faltam falar), 02 camisas sociais, 02 bermudas esportivas, 04 blusas de frio (uma herdada do avô e duas do pai), 01 jaqueta. Um guarda-roupa enxuto, básico, de qualidade, em que tudo se combina e é atual e atemporal. Ele praticamente não consome roupa (yes!). Slow fashion absoluto. Zero de consumo de moda e porque não quer mesmo, não que não possa.

Não achei imagem do guarda-roupa do Cebolinha, então vai o da Mônica para ilustrar o que eu imagino ser o guarda-roupa do Bruno: um tanto de camisetas pretas iguaizinhas e a dúvida cruel sobre qual escolher!

  • o que ele não sabe (mas agora vai saber), é que toda vez que uma blusa dele dá mole sob os meus cuidados, eu a viro do avesso: olho etiqueta de composição e marca. Depois desviro, analiso corte e modelagem. Quando ele a usa, vejo o caimento. Como ele é alto (1,87 m), as camisetas ficam um pouco curtas – ideal que fossem três dedos mais compridas (na foto acima dá pra perceber). Mas isso não é problema dele: é problema da falta de padronização de modelagem em nosso país, do fato da maioria da moda masculina ser pensada no homem-médio de 1,70 m. A moda é ingrata para os mais altos, os mais baixos, os mais gordos, os deficientes – e assim, sutilmente, nos nivela em um padrão de beleza médio, nos massifica em um biotipo forçadamente adaptado. Se eu fosse ele, sabotava mesmo a moda, não comprava mais camiseta curta, não seria condescendente com um padrão de modelagem que não me respeita. Na falta de camisetas, as camisas até que disfarçam o erro grosseiro da modelagem masculina brasileira.

Apesar dele não usar muitas cores além do branco, preto e jeans, entende tudo de cores. Uma de suas últimas fotos (tem por hobby capturar a imagem de aves em plena liberdade), de cores harmoniosas.

  • ciclista (às vezes, pedala de Lagoa Santa a Belo Horizonte para me ver, o que muito me agrada), usa alguns tecidos tecnológicos que permitem melhor transpiração e tem um contato suave com a pele. Geralmente, tem poliamida na composição. Se nós formos observar (na verdade, eu fui entrevistar um engenheiro têxtil sobre isso), a moda brasileira oferece basicamente tecidos de algodão e de poliéster, porque são baratos e populares, além de extremamente poluentes (pois é, o algodão não-orgânico é ainda pior que o poliéster). A tecnologia na área da moda está direcionada a nichos específicos, como uniformes e esportes, que demandam performance por meio da roupa. Logo, como a principal finalidade na moda do dia-a-dia é decência (cobrir nudez), indecência (atração sexual) e/ou ornamentação, a tecnologia não soma valor para o fast fashion. E é por isso também que a gente é inundado de ofertas de roupas de tecidos de pouca qualidade (baratos!) e um tanto de firulas ornamentais (a tal da modinha) para tornar as roupas comercializáveis e altamente lucrativas.

Pra quem não conhece, aí está a famosa bermuda coladinha de AXL Rose. Mas eu não aconselharia a versão branca, por diversos motivos que competem aos rapazes uma explicação pormenorizada.

Já a saia masculina (aí o AXL de novo) é altamente recomendável e como sou a favor dos homens usarem saia, aí vai a explicação: 1) é absolutamente sexy, denota excessiva masculinidade por estar seguro usando uma peça tradicionalmente feminina; 2) ventila e mantém temperatura ideal para testículos a favor da fertilidade; 3) acomoda bem qualquer tipo de cueca; 4) disfarça melhor em caso de ereção que não pode ser demonstrada; 5) prefira o modelo escocês, o comprimento necessariamente abaixo ou no joelho, não deve chegar no meio da panturrilha e também não precisa ser tartan (nome dado ao xadrez escocês); 6) use-a com calçados de cano médio, de preferência coturnos porque aí, rapazes, vocês vão sentir que usar salto de 2 a 4 cm é extremamente confortável e recomendável, não vão querer vestir mais nada além de saia e calçar coturno. E vão ficar ainda mais bonitos! ^^

E só para concluir esse primeiro capítulo:
  1. ao investir em roupas, procure as que são de tecido tecnológico: vão durar mais e favorecer o bem-estar do corpo;
  2. não aceite passivamente o que a indústria da moda nos empurra para nos padronizar;
  3. evite comprar roupas: o fetiche da mercadoria (Karl Marx) faz com que desejemos além de nossa necessidade e possibilidade. Estar bem-vestido tem mais a ver com auto-confiança (atitude!) no que está vestindo (olha aí o Bruno falando de “bermuda AXL Rose” para os caras de terno na Câmara) que com a mensagem que a roupa passa. Isso aqui é um tópico muito profundo, que um dia esmiúço munida de um Roland Barthes, no mínimo um Simmel;
  4. mais importante que andar na moda é andar de bicicleta.

Hoje, 22 de setembro, o jeito é andar a pé, de bicicleta ou de transporte público. Carro, só se for táxi lotação. E vamos nos habituando ao novo, mudando nossos hábitos para melhor!

E agora só para concluir para o namorado:
  1. você é bonito, absolutamente bonito, de qualquer jeito. E eu gosto assim, do jeito que você se mostra: do jeito que é.
  2. desculpa ficar reparando tanto em você… Nem consigo evitar…
  3. usa saia, por favor?? =D

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: