Skip to content

Entrevista minha para o Jornal Pampulha + dicas para verificar se um produto de moda é sustentável

4 de April de 2012

LEIA ESTE POST NO NOVO MODA ÉTICA:

http://modaetica.com.br/?p=4099

Na sexta-feira passada, 30/03, servi de fonte para uma reportagem sobre produtos sustentáveis para a seção Estilo do Jornal Pampulha.

De todas as peguntas, a que mais gostei foi sobre como dar dicas para o consumidor identificar e validar se o produto é de fato sustentável. Então, seguem aqui algumas dicas que dei:

  1. verificar a etiqueta de composição, que fica do lado de dentro da roupa (em uma blusa, costuma estar na costura lateral, na altura do umbigo). A etiqueta de composição raramente vem errada e informa a composição do tecido e foma de manusear/cuidar da roupa (tipo de lavagem, secagem, temperatura do ferro, etc.). Assim, já dá pra começar a saber se o tecido é ecológico e se a roupa promete durar, se exige muita ou pouca manutenção, etc.;
  2. verificar no site da empresa se ela tem a certificação ISO 14001, o que significa que ela investiu pesado em gestão ambiental e está de fato compromissada com o meio ambiente. No site da empresa, provavelmente também terá informações sobre algum apoio a desenvolvimento social/local/cultural/etc., caso haja;
  3. verificar no site Reclame Aqui os tipos de reclamação que os produtos da empresa têm ou não. A rigor, o produto tem que durar;
  4. a cor do produto. Em geral, produtos ecológicos tem cores mais pastéis, crus, desbotadas, justamente porque o tingimento é natural – e aí não tem produtos químicos pesados que fixam a cor. O MKT de moda diz que a cor é a primeira coisa que o consumidor observa num produto na arara da loja;
  5. os selos de certificação ambiental, que em geral vem na tag/etiqueta do produto. No Brasil, o único que tem reconhecimento internacional é o do IBD (Instituto Biodinâmico). Outra selo de muita credibilidade é o OEKO-Tex. Esses são os principais. Temos também o Instituto E, que homologa tecidos/materiais com o selo “e”, de e-fabrics e o selo “Now” da empresa Coexis – não tem validade internacional, mas são iniciativas sérias no nosso Brasil. O consumidor tem que tomar cuidado é quando o empresário chama um designer gráfico pra criar um selo de que tal produto é “biodegradável”, etc., sendo que se trata de apenas uma imagem comunicacional tal selo para a marca – não tem valor no setor.

No ano passado, servi de fonte para este mesmo jornal, em uma reportagem sobre ecobags. Leia mais aqui.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: